Futebol Feminino

Com gols das recordistas Marta e Formiga, Brasil estreia com vitória na Copa do Mundo

Se eu pudesse resumir esse jogo em apenas duas palavras, eu diria apenas: Marta e Formiga. A experiente dupla conduziu o time brasileiro na vitória por 2×0 contra a Coreia do Sul, no Estádio Olímpico de Montreal. O Brasil entrou em campo escalado com: Luciana, Fabiana, Mônica, Andressinha, Tamires, Thaisa, Andressa Alves, Marta, Cristiane, Rafaelle e Formiga.

Estreia é sempre tomada por nervosismo e o Brasil não passou impune pela ansiedade, mas com o passar dos minutos, a equipe comandada por Vadão começou a aparecer. Fabiana carimbou o travessão coreano logo no início do primeiro tempo e a zagueira Mônica também se arriscou no ataque. Após os minutos iniciais, a equipe começou a marcar mais na saída de bola das coreanas e a trocar passes com facilidade. Formiga reinava em campo. Apareceu na zaga, no meio e no ataque, brincando, correndo pra lá e pra cá, foi quando a oportunidade mais clara surgiu. Aos 33 minutos, após jogada individual de Cristiane, a defesa coreana fez uma senhora na lambança na área e a bola sobrou nos pés dela, da onipresente Formiga que só teve o trabalho de mandar pro gol. 1×0 para o Brasil e recorde para essa incansável jogadora que aos 37 anos se tornou a atleta mais velha a marcar em um Mundial, desbancando a canadense Charmaine Hooper.

CHGLCFsWsAA-i0l

No segundo tempo o Brasil voltou tranquilo e mais seguro, trocando passes e criando boas jogadas. Tabelas, cruzamentos e chutes de fora da área foram experimentados por muitas jogadoras, como Marta, Cristiane, Andressinha e Tamires. E foi assim, tocando a bola que Formiga, mais uma vez, entrou na área e sofreu pênalti de Cho Sohyun. A penalidade foi convertida pela camisa 10, Marta, que se tornou a maior artilheira das Copas com 15 gols, ultrapassando Birgit Prinz (alemã com 14 gols) e Abby Wambach (americana com 13 gols).

CHGZaaHXIAMBYtZ

Já que muitos gostam de comparar o futebol feminino com o masculino, é bom frisar que Marta já igualou o recorde de gols de Ronaldo Fenômeno em Mundiais e está a um tento de Miroslav Klose, o artilheiro de todas as Copas. Te cuida, alemão! E só pra melhorar essa comparação, se liga: Marta tem 15 jogos e 15 gols em Mundiais. Pela seleção, já disputou 93 partidas oficiais e tem 92 gols. Alguém se habilita a bater esses números?

CHAdA_NWgAETmoY

Após ampliar o placar, o time canarinho sofreu alguns sustos com os avanços da Coreia, mas nada muito efetivo. O Brasil teve chance de marcar o terceiro gol após contra ataque de Formiga que ligou Cristiane, na área. A atacante poderia ter finalizado, mas preferiu dar o passe para a companheira Marta que não conseguiu dominar e chutar, perdendo o combate para a zagueira Yumi.

O jogo acabou 2×0 para o Brasil e com aquele gostinho de gratidão por contarmos com jogadoras do nível de Formiga e Marta no nosso time. Nunca ganhamos um Mundial e nem uma Olímpiada, mas nós temos jogadoras de ouro vestindo a camisa da seleção, que são dignas de todas as menções, prêmios e recordes possíveis. São guerreiras que vestem as chuteiras por puro amor ao futebol e esse jogo inicial foi um presente lindo para cada um que torce por elas.

CHGZ4U6WMAEj-Kb

Com essa vitória, o Brasil é líder do grupo E, com três pontos. Espanha e Costa Rica empataram em 1×1 e seguem abaixo. Formiga foi eleita a melhor em campo, é óbvio!

Veja os principais lances do jogo:

Créditos fotográficos: Fifa Women’sWorldCup/Twitter e Nicholas Kamm/AFP