Futebol Masculino

Amor Imortal: a herança gremista além da vida

Hoje, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense entra em campo para disputar a partida mais importante de sua história. O clube, fundado em 1903, o Tricolor dos Pampas pode conquistar a Taça Libertadores pela terceira vez nesta noite. O time que já venceu a competição em outras duas ocasiões (1983 e 1995) sonha em conquistar o torneio mais importante da América após 22 anos sob o comando de um ídolo: Renato Portaluppi.

A Tamiris Soares é torcedora do Grêmio e foi uma das vencedoras do sorteio que promovemos para premiar, com uma camisa especial do clube em homenagem ao #OutubroRosa, a foto mais curtida no Instagram com a #AmorImortal.

Em seu relato, Tami fala sobre o amor além da vida e, independente do resultado desta noite, o amor azul pelo Tricolor Gaúcho nunca morrerá!

***********************************************************************************************************

Por Tamiris Soares

Falar do Grêmio não é fácil. É impossível falar do meu amor ao Grêmio sem falar como ele começou.

Com 7 anos de idade, meus pais se separaram e eu, aos 13 anos, ganhei um super “paidrasto”, que me ensinou tudo de futebol, do gol de placa ao impedimento. Foi ele quem me passou esse amor pelo Grêmio.

Infelizmente, após 2 anos de convívio, ele faleceu e foi justamente no ano do nosso rebaixamento. Mas este amor pelo Grêmio ainda me mantinha próxima das lembranças.

Comecei ir ao estádio, alguns amigos pararam de ir, mas eu segui sozinha. Já cheguei a viajar 190Km pra ver o Grêmio jogar e tudo que eu sei sobre meu time e sobre o futebol repassei para a filha do filho do meu “paidrasto”. Toda segunda-feira ela vai de uniforme pra escola e sempre pergunta “quando é que vou leva-la na Arena azul novamente”.

Hoje, em uma final da Libertadores, tudo me passa na cabeça. E se ele estivesse aqui, como seria? Só sei que nada é por acaso, todas as pessoas que passam em nossas vidas deixam um legado e, pra mim este foi o melhor que recebi.

Fui ao primeiro jogo da final sozinha, mas quer saber ? Nunca me senti sozinha. Eu estava com Grêmio! Que amor é esse? NUNCA VAI SER SÓ FUTEBOL.

Tem uma canção da geral do Grêmio chamada “Gremista lá do céu” que resume muito do meu sentimento:

Tu não os vê, tu não os toca, mas estão presentes
Vários momentos inesquecíveis me veem a mente
Por isso, Grêmio, um campeonato somente te peço
Para os gremistas que lá do céu cantam comigo.

 #Grêmio #AmorAlémDaVida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *